A alimentação, desde a introdução alimentar até o quinto ano de vida, é determinante no processo de formação do paladar da criança e a Pirlimpimpim tem o compromisso de contribuir positivamente nesta construção com um cardápio cuidadosamente elaborado.

As crianças passam uma boa parte do dia na escola, onde recebem importantes refeições e o nosso papel, é ofertar alimentos saudáveis, nutricionalmente adequados para cada faixa etária e proporcionar um ambiente agradável no momento das refeições. Entendemos que a Educação Infantil é parte fundamental na construção dos hábitos alimentares e que o cardápio da Escola Infantil deve seguir as diretrizes mais atualizadas de nutrição pediátrica.

Por isso, aqui na Escola Pirlimpimpim, garantimos a qualidade do cardápio através de um trabalho em parceria entre a Nutri Carolina Prates, a cozinheira Fabiana Corrêa, o acompanhamento próximo da Diretora Raquel Suertegaray e da Coordenadora Kely Rodrigues. Levamos a sério as trocas com toda a equipe de Educadores na hora de compor os cardápios, pois é ela que faz a escuta no cotidiano do que as crianças gostam e onde resistem, afinal, no final deste processo, é da alimentação dos pequenos que estamos falando, eles precisam ser ouvidos.

Nos primeiros anos está a melhor janela de oportunidades para apresentarmos os diferentes sabores, aromas e texturas, para que a criança tenha uma boa aceitação de alimentos variados. Na Pirlimpimpim levamos esta oportunidade a sério e não medimos esforços para encontrar formas de garantir – além da oferta de uma alimentação de qualidade, a aceitação que a confere sentido a este esforço. Nosso objetivo final é a promoção de uma relação mais saudável da criança com o alimento e deixar um legado que fará diferença por toda a vida.

A socialização com os colegas na hora da refeição incentiva ao aluno a provar alimentos novos, que – quando aliada a proximidade das crianças com a cozinha, a experiências culinárias verdadeiras, ao envolvimento com a produção e alimentos na horta -reduz as dificuldades alimentares próprias da faixa etária.

Guardamos memórias afetivas daquilo que comemos, principalmente na infância.  Quem não lembra da sua comida preferida na escola, não é?

Confira o Cardápios de Novembro