No inverno as sopas invadem o Cardápio da Escola Pirlimpimpim e são um sucesso entre as crianças. Adultos atentos, com olhos e ouvidos sensíveis para perceber a riqueza do trivial percebem que o cotidiano reserva experiências significativas e a profe Mari registrou um diálogo espontâneo na hora do jantar da turma do jardim.

A aprendizagem acontece na vida real e a Sopa de Feijão com Massa de Letrinhas disparou um conjunto de associações sobre a construção das palavras. Ao observar os alimentos ali presentes a turma transformou o ato de comer em uma brincadeira pra lá de significativa.

“Carmela, casa, comida e cacau. Humm, bolo de cacau. Tem outra comida com C?” Carmela
“Na minha não encontrei letras, mas tem um que parece um parafuso. Ela pode ser o S.” Henry
“T tem no meu nome. Valentina e no do Valentin também. No de quem mais tem?” Valentina
“Eu sei como ela é. Parece um T, é um palito de pé e outro palito deitado.” Valentin
“O S pode ser igual a cobra também. Não tem cobra no nome de Bento.”  Bento
“No meu tem uma quase parecida com S, só que virado. M de Mariana.”  Mariana
“M também de mamãe e de massa. Hahaha.” Letícia
“Aqui, outra letra da minhoca, o S.” Lívia Sterque
“T de Tobias e de torta. Tatu também.” Tobias
“O meu tem esse C, ele parece a lua.” Laura
“Cookies é assim, com C.” Lívia Helena

 

Agora confira nossos cardápios: