A Turma do Berçário se entregou ao mistério das luzes e das sombras em diversas experiências que ampliaram seus repertórios. Para tornar possível esta atividade, a Turma do Jardim emprestou sua mesa de luz, para que os bebês pudessem explorá-la. A sala foi escurecida, criando um ambiente diferente do habitual e os bebês foram divididos em, duplas ou trios. Enquanto alguns exploravam a atividade, os outros exploravam o pátio da escola.

Os bebês se encantaram com esta novidade, pois nunca haviam visto uma mesa iluminada, foi delicioso observar o estranhamento inicial que deu espaço ao encantamento e se transformou em exploração. Brincaram e aprenderam com as luzes e as sombras, elementos que desde muito cedo encantam e atraem a atenção das crianças.

Utilizamos folhas secas que compunham nossa caixa da natureza e as dispomos para observar de que forma os bebês iriam interagir com estes materiais, que já são familiares em outros contextos. Primeiro observaram novas facetas das folhas, que com luz do sol ou a lâmpada da sala são imperceptíveis, como as manchinhas nas plantas, as listras que algumas tinham.

As profes ofereceram tecidos, que também fiavam diferentes iluminados e depois os bebês foram buscar seus brinquedos, criando novas formas de exploração.

Depois as profes Ana e Angélica viraram a mesa, projetando a luz contra a parede, possibilitando que os materiais projetassem suas sombras na parede e a exploração ficou por conta das crianças. Este foi o momento onde mostraram mais envolvimento com a exploração, os percebemos desafiados a compreenderem a relação entre seus movimentos e as formas que apareciam na parede da sala.